segunda-feira, 21 de abril de 2008

A aproximação do Verão e a chegada das dietas!!!!

Com 1,6 milhões de adultos e 20 milhões de crianças com excesso de peso em todo o mundo em 2005, cada vez existe mais a pressão para fazer dieta.



Esta pressão aumenta com a aproximação do Verão, altura em que toda a gente quer estar perfeita para passear na praia.


Mas não é só a pressão de fazer dieta que aumenta, é também por esta altura que aumenta a publicidade e a informação acerca das dietas, e que geralmente aparecem as dietas milagrosas que tão pouco efeito tem. Vamos dar-vos três rápidos exemplos disso.


O suplemento do Jornal de Notícias, a "notícias magazine" do dia 30 de Março de 2008, foi um especial nutrição que fornecia informação sobre numerosas dietas, desde a dieta dos signos á dieta das cores.


No dia 14 de Abril, a RTP 1 estreou o seu novo programa sobre bons hábitos alimentares "Vida Positiva".


Por estas alturas as nossas televisões enchem-se de publicidade a iogurtes magros, águas que reduzem o apetite, cereias que prometem fazer emagrecer, de tudo um pouco, desde que a palavras do dia sejam dietas e o corpo perfeito.


Até esta programado o lançamento de um novo jogo "Wii Fit", para o dia 25 de Abril, jogo este que funciona como um "personal trainer" em casa, para que não seja necessário uma pessoa deslocar-se ao ginásio para ficar em forma.


O nosso conselho é, sinta-se bem com o seu corpo, pense duas vezes antes de entrar em dietas malucas que para além de pouco efeito possam prejudicar a sua saúde, e este Verão seja feliz tal como é!

2 comentários:

AnaIsabelBrito AnaRitaMoreira disse...

Realmente é incrível a quantidade de publicidade a dietas que nos chegam a nós, e a sua frequência.. Principalmente com a chegada do Verão, como vocês bem evidenciam..

E o vosso conselho é o melhor que se pode dar, o importante mesmo é sentirmo-nos bem com o nosso corpo!

Bom trabalho :)

Daniela Ferreira e Rita Pires disse...

Pois, só é pena que as dietas sejam sempre associadas ao aspecto físico do verão e não como formas correctas de comer e viver com saúde!